25 Setembro 2023
Engenharia da UMinho mostra inovações à sociedade

25 start-ups e interfaces juntam-se quarta-feira em Guimarães. Pedro Siza Vieira é um dos oradores

A Escola de Engenharia da Universidade do Minho (EEUM) organiza uma mostra de spin-offs e interfaces da instituição a 27 de setembro, das 10h00 às 18h00, na nave central do campus de Azurém, em Guimarães. A iniciativa designa-se “Engenharia ao serviço da Sociedade”, insere-se nas atividades do Cinquentenário da UMinho e tem entrada livre.

Um novo tratamento para a artrite reumatoide, embalagens biodegradáveis, células robóticas de fabrico aditivo, um detetor portátil do tipo de sangue, a produção de alimentos saudáveis com inteligência artificial ou ainda viseiras, trotinetes e rifles com subprodutos reciclados. Eis alguns exemplos de tecnologias com as quais os cidadãos vão poder interagir nos stands das 25 jovens empresas, interfaces e laboratórios colaborativos. Na mostra estão igualmente presentes as aceleradoras de empreendedorismo Startup Braga e Set.Up Guimarães e a Ordem dos Engenheiros – Região Norte. Ao longo do espaço, vai conhecer-se melhor as áreas de negócio, os serviços, os produtos e as oportunidades de colaboração daquelas entidades.

O programa paralelo inclui duas palestras. Pedro Siza Vieira, ex-ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, fala pelas 10h30 sobre “O conhecimento e a inovação como alavancas do crescimento económico”. De tarde, às 15h00, o tema “Valorizar o conhecimento – Proteger o futuro” é analisado pelo coordenador do Gabinete de Apoio à Propriedade Industrial da TecMinho, Marco Sousa. A sessão de encerramento vai contar com o presidente da EEUM, Pedro Arezes.

O evento visa mostrar o impacto socioeconómico do ecossistema da Escola de Engenharia da UMinho, que se afirma desde a origem pela transferência de conhecimento e tecnologia para a sociedade e para o tecido empresarial e industrial. A iniciativa – que é cofinanciada pelos programas POCH e Portugal 2020 – surge também como agradecimento aos antigos e atuais membros da Escola envolvidos nestas atividades. Curiosamente, na EEUM nasceram 75% das spins-offs da UMinho e cinco das 12 interfaces da UMinho.

As entidades participantes na mostra são: B4Logic, BeKofee, Betweien, CCG/ZGDV, Centro para a Valorização de Resíduos, Criam, Done Lab, DTx – Digital Transformation CoLab, EPIC Júnior, ESI Robotics, Extreme Materials, Cerveja Letra, Fibrenamics, Givaware, Keep Solutions, NaturaMatéria, Nutrium, OmniumAI, PIEP – Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros, Pragmatic, Satisfibre, Sciencentris, Solfarcos, TecMinho e To-Be-Green.

Partilhar

Outras notícias

15 Maio 2024
CCDR-N em visita ao PIEP com o olhar no futuro
06 Maio 2024
Formalizado protocolo para criação de Centro de Inovação de Cerveira
Este site pode utilizar Cookies para manter informação do visitante, permitindo determinar as suas preferências, auxiliar no preenchimento de formulários, permitir o acesso a áreas privadas do website onde seja necessária autenticação, bem como recolher indicadores de performance, origem e horário dos acessos ao website.
aceito