09 Março 2021
FLY.PT: a boleia do futuro está já ao virar da esquina

Imagem: Exemplo de um sistema intermodal de transporte | Fonte: Airbus

 

Os carros voadores fazem há décadas parte da imagética popular, seja em filmes ou em livros de ficção científica, constituindo uma ideia que a poucos deixa indiferente. Mas e se ideia se concretizar em realidade num futuro não assim tão distante?

Com o projeto mobilizador FLY.PT, que se insere numa estratégia de resposta nacional aos desafios criados pelo desenvolvimento sustentável no sector da aeronáutica, este futuro está cada vez mais próximo, e escreve-se em Português.

Consórcio aeronáutico nacional

Depois de um consórcio português, onde se insere o PIEP, ter chamado a atenção da comunicação social, graças à chegada a Marte do veículo Perseverance, chega agora a vez de mencionar o trabalho promissor doutro consórcio português, no sector da aeronáutica.

Este consórcio é constituído pela Caetano Aeronautic; PIEP; SETSA; Optimal Structural Solutions; CONTROLAR; Almadesign; TEKEVER II; INEGI; CEIIA; ISQ; INESC TEC; IPL; ISEP; AEDCP (Cluster Português para as Indústrias da Aeronáutica, Espaço e Defesa); EMPORDEF; Universidade de Évora; CODI; FHP e Stratosphere S.A.

Mas em que consiste exatamente o projeto que este consórcio está a desenvolver?

Imagem: Exemplo de funcionamento de veículo intermodal de transporte | Fonte: Techbooky

Sistema intermodal de transporte

O FLY.PT irá conceber o protótipo de um sistema de transporte aéreo pessoal intermodal, à escala, constituído por:

  • um veículo autónomo automóvel (skate), permitindo a mobilidade terrestre,
  • um veículo autónomo aéreo (drone), permitindo a mobilidade aérea,
  • uma cabine acoplável a cada um dos dois veículos.

 

Com o crescente congestionamento rodoviário serão necessárias novas soluções para o transporte de pessoas e bens e novos sistemas de mobilidade.

A solução pode estar na articulação entre o transporte rodoviário e o transporte aéreo, em complementaridade aos sistemas de mobilidade existentes.

Foto: exemplo de novo tipo de transporte aéreo e automóvel | Fonte: Drone Enthusiast

Contributo do PIEP

O PIEP está assim a colaborar na criação de um novo tipo de transporte aéreo modular, piscando o olho ao veículo do futuro, onde o passageiro troca a estrada pelo céu em poucos segundos.

Nas palavras de Nuno Gonçalves, responsável pelo projeto no PIEP, “o projeto deseja lançar as sementes do transporte urbano e da mobilidade do futuro, a nível de multimodalidade, tecnologias e materiais, unindo a mobilidade horizontal com a mobilidade vertical de forma inovadora. Este projeto ajudará a reduzir o congestionamento e a pegada de carbono associada à mobilidade urbana, assim como aumentar a competitividade da indústria nacional, criando produtos e serviços de valor acrescentado, num trabalho disruptivo de um amplo consórcio português.  

O PIEP encontra-se a trabalhar na vertente das estruturas, materiais e processos (metálicas e compósitos) e dos interiores e fatores humanos deste veículo multimodal, mais concretamente no design interior do veículo e nos testes dos seus materiais e processos.

Este é um projeto mobilizador que visa a criação de novos produtos, processos ou serviços com elevado conteúdo tecnológico e de inovação, sendo cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do Portugal 2020.

O projeto, que terminará em 2023, irá explorar ainda tecnologias ligadas à eletrificação das aeronaves, novos sistemas autónomos, entre outros desafios tecnológicos que se anteveem neste sector.

Até lá, continuaremos a utilizar os veículos tradicionais da atualidade.

Partilhar

Outras notícias

05 Julho 2022
Importância da simulação do processo na integração de filmes funcionais e decorativos em componentes para indústria automóvel
29 Junho 2022
PIEP promove sustentabilidade no Greenfest
Este site pode utilizar Cookies para manter informação do visitante, permitindo determinar as suas preferências, auxiliar no preenchimento de formulários, permitir o acesso a áreas privadas do website onde seja necessária autenticação, bem como recolher indicadores de performance, origem e horário dos acessos ao website.
aceito